top of page

Fetiches sexuais



Falar sobre fetiches sexuais dentro de um relacionamento pode ser um desafio.

Uma relação empenhada deve ser um lugar de conforto e segurança para duas pessoas se envolverem com e à qual regressarem enquanto navegam na sua individualidade, no mundo exterior. Conforto e segurança vêm com a intimidade e isso é conseguido através da vulnerabilidade. E todos podemos concordar que falar sobre sexo e sobre as ideias que passam pela nossa mente é uma das coisas mais assustadoras que podemos pensar faz. Exatamente por causa disso, falar sobre sexo é uma porta para a verdadeira vulnerabilidade.


Vamos falar de sexo?

O que são fetiches sexuais?

O fetichismo sexual pode ser definido como uma atração por um objeto não vivo ou por uma parte do corpo que não é genital. Pode também incluir desejos sexuais ou impulsos considerados fora da norma (sendo a norma o que estatisticamente a maioria das pessoas - supostamente - faz).


Os psicólogos acreditam que a maioria dos fetiches são aprendidos - através da experiência, começamos a desenvolver associações entre certos objetos/partes do corpo, e a excitação sexual.

Fetiches comuns estão associados a pés, piercings corporais, látex, ou roupa interior.

Mas, quase tudo se pode tornar num fetiche sexual! Os fetiches surgem frequentemente de traços de personalidade e experiências de vida específicos e são mais comuns do que as pessoas pensam.


Quando praticados de forma segura, consensual e comunicativa, os fetiches são uma componente saudável de uma relação íntima ou independente. Um fetiche sexual pode acrescentar um elemento excitante à sua vida amorosa, ajudá-lo a aprender mais sobre o seu parceiro e sobre si próprio e aprofundar a ligação que estabelecem. Falar sobre preferências sexuais pode aumentar a satisfação quando se trata de intimidade.

Contudo, algumas pessoas não se sentem nada à vontade para falar de tais ideias íntimas. Podem percebê-las como erradas, nojentas, não "normais".

Como Kathy Slaughter, terapeuta sexual americana, explica: "Vivemos numa sociedade onde os fetiches são apenas mais uma coisa estranha a ser estranha neste quadro, já de si negativo, do ponto de vista sexual, que torna qualquer expressão sexual suspeita".

Alguns fetiches comuns:

  • Pés: pessoas com fetiches com pés podem ser submissas. Têm um desejo de "adoração" com os pés de alguém, através de beijos e massagens ou até através de pedicura. Outras pessoas gostam do aspeto da “humilhação” e querem ser pisadas ou ter os pés do outro na cara, sentindo o odor;

  • Gravidez: o fetiche da gravidez consiste numa atração sexual intensa por alguns ou todos os aspetos da gravidez. Para algumas pessoas, pode ser a barriga redonda, enquanto para outras, pode ser a lactação - quer seja o próprio ato de amamentar ou o próprio leite;

  • Nylon: pessoas com fetiche por nylon gostam do seu aspeto ou de tocar nas pernas de alguém com meias de nylon (ou usar as meias em si mesmo);

  • Piercings;

  • Látex;

  • Tranças e rabos de cavalo;

  • Cores.

Caso tenha discutido o fetiche que tem com o seu parceiro ou parceira, e ambos consintam experimentá-lo, façam-no de forma gradual. Tente envolver-se brevemente com o novo fetiche enquanto, aumentando a intimidade com ele, e adicionando gradualmente mais elementos ao longo do tempo.

Ideias a recordar:

  • Fetiches podem resultar numa vida sexual mais satisfatória;

  • O consentimento deverá ser condição obrigatória quando se trata de toda e qualquer experiência sexual;

  • A intimidade deve ser parte integrante de uma relação longa e os fetiches sexuais podem ser uma forma excitante de fomentar essa proximidade.

Seja aberto(a) e honesto(a) com o seu parceiro ou parceira acerca dos fetiches, tudo isso poderá permitir-vos explorá-lo em segurança.

Caso pretenda melhorar a sua intimidade, navegar nas relações, sexualidade, ou caso tenha preocupações relacionadas com a sua saúde mental e sexual, saiba que há ajuda disponível :)

Referências:

https://www.betterhelp.com/advice/intimacy/how-sexual-fetishism-can-impact-your-relationship/

https://rebelliousmagazine.com/just-the-tip-navigating-fetishes-in-a-relationship/