top of page
Buscar

Ozempic: Um aliado na perda de peso?



Ozempic é o nome comercial para a substância semaglutida, um medicamento utilizado no tratamento da diabetes tipo 2. Atuando como agonistas do receptor do GLP-1 (glicagon-like peptide-1), o Ozempic tem a função de controlar os níveis de açúcar no sangue em doentes diabéticos. Porém, esta substância mostra efeitos ao nível da perda de peso, tendo o seu consumo para este efeito crescido exponencialmente. Este fenómeno tem levantado algumas questões, que vão desde os efeitos políticos e económicos deste uso, ao seu potencial efeito adverso na saúde física e mental. Analisemos, então, os efeitos, perigos e o seu impacto no emagrecimento.


Para o que é utilizado:

  1. Controlo glicémico: O Ozempic estimula a libertação de insulina, inibe a libertação de glucagon (hormona que aumenta os níveis de glicose) e retarda o esvaziamento gástrico, resultando em níveis de açúcar mais estáveis no sangue;

  2. Sensação de saciedade: O GLP-1 atua no cérebro para diminuir o apetite, podendo levar a uma redução na ingestão calórica;

  3. Perda de peso: Além de controlar o açúcar no sangue, muitos pacientes experimentam uma perda significativa de peso enquanto tomam Ozempic. Esse efeito pode ser atribuído à saciedade aumentada e ao atraso no esvaziamento gástrico, com efeitos na redução do consumo de calorias.

Perigos:

  1. Hipoglicemia: Embora seja menos comum do que com alguns outros medicamentos para a diabetes, existe o risco de hipoglicemia (baixa de açúcar no sangue) ao usar Ozempic, especialmente quando combinado com outros medicamentos;

  2. Efeitos gastrointestinais adversos: Alguns pacientes podem experienciar náuseas, vómitos, diarreia ou desconforto abdominal ao iniciar o tratamento com Ozempic. Estes efeitos geralmente diminuem ao longo do tempo;

  3. Problemas na tiróide: Houve relatos de casos de inflamação na tiróide em estudos clínicos com Ozempic, embora seja uma ocorrência rara.

Impacto no emagrecimento: Este fármaco tem sido associado a perda de peso, mesmo em pessoas sem diabetes tipo 2. Como possíveis meios de atuação na redução do peso, apontam-se:

  1. Controlo do apetite: As pessoas que utilizam Ozempic descrevem frequentemente uma diminuição notável do apetite e sensações de maior saciedade com porções mais pequenas de comida;

  2. Redução dos desejos alimentares ou “cravings”: Os utilizadores mencionam frequentemente uma redução dos desejos por alimentos não saudáveis e altamente calóricos, facilitando a opção por alimentos mais saudáveis;

  3. Níveis de energia mais equilibrados: Algumas pessoas notam que os seus níveis de energia são mais consistentes ao longo do dia, o que pode fomentar, por exemplo, a prática de exercício físico;

  4. Perda de peso gradual: Apesar de parecer haver evidências acerca da atuação do Ozempic na perda de peso, estes resultados podem ser demorados, sendo a perda de peso gradual ao longo do tempo.

Considerações finais

Apesar de o Ozempic ser uma substância eficaz e com um papel muito importante no tratamento da diabetes tipo 2, a sua utilização para efeitos de perda de peso implica uma série de cuidados e precauções.

Embora alguns casos clínicos apresentem um quadro prometedor, é crucial lembrar que as respostas individuais aos medicamentos podem variar significativamente. Alguns indivíduos podem não sentir o mesmo nível de perda de peso ou supressão do apetite. Além disso, os efeitos do Ozempic na perda de peso são considerados secundários em relação ao seu objetivo principal de gerir os níveis de açúcar no sangue, e nem todas as pessoas irão sentir perda de peso como resultado. Adicionalmente, a toma de Ozempic pode implicar uma série de efeitos adversos, nomeadamente inflamação pancreática, alterações na visão, problemas renais, reações alérgicas, entre outros.

Do ponto de vista psicológico, a toma de Ozempic para efeitos de perda de peso quando na presença de uma perturbação do comportamento alimentar não é recomendada. Na presença deste tipo de perturbações de comportamento, os indivíduos recaem excessivamente sobre o formato e peso dos seus corpos para se atribuírem valor pessoal, fazendo com que possa haver uma expectativa demasiado elevada relativamente ao efeito que a toma de Ozempic poderá ter no seu bem-estar e níveis de felicidade. Ainda, quando a toma de Ozempic constitui um mecanismo de compensação para ingestão alimentar compulsiva, os efeitos deste fármaco poderão não ser visíveis, entrando o paciente num ciclo de frustração e de comportamento perturbado.

Antes de considerar Ozempic ou qualquer medicamento para perda de peso, é imperativo consultar um profissional de saúde. Este pode fornecer orientações personalizadas com base nas condições de saúde individuais, objetivos e historial médico. Um profissional de saúde também pode ajudar a gerir potenciais efeitos secundários e monitorizar o progresso para garantir que perda de peso é realizada em segurança. Adicionalmente, um profissional de saúde mental poderá ajudá-lo a perceber se há causas psicológicas para a sua difícil gestão de peso e, potencialmente, promover uma perda de peso saudável e consistente, e uma melhoria do bem-estar geral.

Em suma, o percurso de saúde de cada pessoa é único, e o que funciona para um indivíduo pode não funcionar da mesma forma para outro. Aconselhe-se antes de tomar decisões que poderão impactar a sua saúde.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page